:. Baixa em veículos

Aqueles que desejam se livrar do carro, já que ele não tem preço no mercado, devem fazer o cancelamento do registro do carro (mashou tetsuzuki). Existem dois tipos de anulação: o provisório (ichiji mashou tetsuzuki) e o definitivo (eikyu mashou tetsuzuki). Se o carro for de placa branca (comum), o requerente deve comparecer ao orgão chamado de riku un shikyoku. Se for placa amarela, deve ir ao kei jidousha kyoukai.  Caso o requerente opte por cancelamento definitivo, deve comparecer ao riku un shikyoku, munido do documento denominado de idou houkoku bango ou do katai kiroku bi. Esses documentos provam que o veículo foi destruído e reciclado de acordo com as normas previstas na legislação. Por isso deve esperar que o desmanche o avise, que o comprovante do desmantelamento do carro está pronto. No ato, pedir de volta o shakensho e as duas placas (frente e detrás).  Se o proprietário quiser voltar ao Brasil, esperando o reaquecimento da economia , pode requerer o cancelamento temporário do registro do carro e depois levantar os documentos, tão logo retorne ao Japão. Ao pedir a suspensão temporária, o imposto sobre o veículo pára de incidir no mesmo mês, desde que a documentação tenha sido entregue até o final do mesmo mês.    
 
:. Coléta

Para solicitar o serviço de coléta, por favor, preencha o formulário no link Contato do menu principal ou telefone para 080 4685-2107 ou 090.3159.6256    
 
:. Container

Para você que vai viajar e não tem onde guardar seus pertences, entre em contato conosco, temos container para alugar.    
 
:. Doações de alimentos

Devido a crise economica, existem muitas pessoas sem condições basicas de alimentação precisando de doações. Caso queira colaborar com algum alimento não perecível, existe uma comição religiosa arrecadando esses alimentos. Para fazer doação, por favor, entre em contato pelo telefone: 080.5651-0474    
 
:. Imposto

Para você que vai viajar sem pretenção de retorno ao Japão, não deixe de pagar seus impostos, pois caso precise retornar algum dia, o valor será muito maior do que o valor atual, devido aos juros e o não cancelamento adequado.    
Parar Notícias